Câmara concede títulos de Cidadão Honorário e moções de aplauso a cinco importantes figuras do nosso município.

Cinco homens com origens diferentes, com histórias de vidas distintas, mas que tem algo em comum: escolheram a cidade de Fronteira para chamarem de lar.

Câmara concede títulos de Cidadão Honorário e moções de aplauso a cinco importantes figuras do nosso município.

Cinco homens com origens diferentes, com histórias de vidas distintas, mas que tem algo em comum: escolheram a cidade de Fronteira para chamarem de lar.

E esses cinco homens não só vivem há anos na cidade, como foram fundamentais para o crescimento e desenvolvimento do município na última década.

Por isso, Jessé João dos Santos, pastor da Igreja Assembleia de Deus Missão, Flávio Henrique Ribeiro, ancião da Congregação Cristã no Brasil e Wilson José Borges que é funcionário público agora são Cidadãos Honorários de Fronteira. Além deles, o empresário Marcelo José Neves e o pastor da Igreja Batista, Wilson Fernandes Neves, também foram homenageados com moções de aplausos.

A entrega dos títulos de cidadão honorário e das moções de aplausos ocorreram em uma reunião extraordinária da Câmara de Vereadores de Fronteira realizada no dia 3 de dezembro. E pelo visto a população fronteirense aprovou a escolha dos homenageados já que o plenário do legislativo municipal estava lotado para acompanhar a sessão que prestou esse merecido tributo a essas cinco importantes figuras da nossa cidade.

E não foi só a população que prestigiou a entrega das homenagens, várias autoridades compareceram à sessão solene como Marcelo Passuelo, Prefeito de Fronteira, Alcemir Cassio Greggio, Prefeito de Urupês e Flávio Simão Teixeira, Tenente da Polícia Militar.

O presidente da Câmara de Vereadores de Fronteira, Marcelo Morais Rodrigues, foi autor dos projetos legislativos que concederam os títulos de cidadão honorário ao ancião Flávio Henrique Ribeiro e ao pastor Jessé João dos Santos. Também foi do presidente do legislativo, a autoria da moção de aplauso ao empresário Marcelo José Neves.

O vereador Marcelo Morais Rodrigues justificou porque decidiu conferir essas honrarias a essas três importantes figuras da história recente de Fronteira.  “Tanto o pastor Jessé quanto o ancião Flávio são responsáveis por proporcionar conforto espiritual a centenas de fronteirenses. Além disso, eles realizam inúmeros projetos sociais que garantem uma melhor qualidade de vida para cidadãos que, infelizmente, vivem em situação de risco social. Trabalhos fundamentais e que ajudam muitas pessoas que vivem na nossa região”.

Já a respeito da moção de aplauso, conferida ao empresário Marcelo José Neves, o presidente da Câmara de Vereadores ressaltou as inúmeras contribuições feitas pelo empreendedor que mesmo com a grave crise que atravessa o país continua a investir na cidade de Fronteira.  “O Marcelo é responsável por dar emprego a centenas de pais e mães de família do nosso município e isso possibilita que essas pessoas coloquem o pão de cada dia em casa. Mesmo em tempos de instabilidade política e econômica, o Marcelo continua acreditando que é possível empreender e gerando empregos e receitas para a nossa cidade”.

O empresário Marcelo José Neves, proprietário de uma rede de supermercados, se disse envaidecido e agradecido pela homenagem. “Primeiro gostaria de agradecer a Deus, minha trajetória empresarial até aqui não foi nada fácil. Então me alegra muito esse reconhecimento do povo, por isso, sou grato a todos os vereadores que aprovaram essa moção. Isso nos dá ainda mais força para continuarmos trabalhando e quem sabe gerando ainda mais para o desenvolvimento e fortalecimento da nossa região”.

O vereador Sérgio Luiz do Nascimento, que foi o autor do decreto legislativo que concedeu o título de Cidadão Honorário a Wiilson José Borges, explicou porque fez essa indicação que foi aprovada por unanimidade. “Ele sempre foi um defensor da cultura do rodeio, um esporte que nos últimos tempos vem sofrendo com o preconceito de boa parte da população. Mas as pessoas precisam compreender que o mundo do rodeio não proporciona só diversão e alegria, ele é responsável por movimentar milhões de reais no Brasil. Então, nada mais justo do que enaltecer as virtudes de uma pessoa que sempre trabalhou em prol da valorização desse importante esporte que é adorado por milhões de pessoas no mundo todo”.

Por último, o vereador Silvanio Rodrigues da Silva não poupou elogios ao pastor Wilson Fernandes Neves que foi homenageado com uma moção de aplauso. ”Nada mais justo do que reconhecermos o trabalho de um homem sem qualquer apego a bens materiais e que sempre se dedicou a curar almas e ajudar ao próximo”.


Publicado por: Assessoria

Publicado em: 03 de dezembro de 2018

Cadastre-se e receba notícias em seu email